moulin rose
porque temos o direito de nos contradizer. todos os dias se for preciso.

Previous Posts

Archives

terça-feira, abril 21, 2009
Engromino o blogger para escrever no dia em que chegaste. Escolho o último segundo do último minuto daquele que nunca mais vai ser só 21 de Abril. Para ficares já a saber como eu sou: quase sempre atabalhoada, às vezes um bocado aldrabona e frequentemente em cima da hora.
[Espero que gostes de mim na mesma]
Escrevo porque, ficas também já a saber, tenho algumas dificuldades em falar, em explicar bem o que sinto em voz alta. Funciono melhor com as palavras escritas, quase com toda a gente. Depois há alturas em que quase que vomito (desculpa a imagem feia num dia tão bonito, mas é que também sou um bocado abrutalhada) os sentimentos pela boca. E fico toda contente, tipo "consegui, iupi!".
[Espero ter intimidade suficiente contigo para fazer isso pelo menos uma vez nas nossas vidas]
Fiquei toda torcida por dentro quando soube que faltava mesmo pouco tempo para tu chegares. Porque gosto muito da tua mãe. Também do teu pai. E outra vez quando te vi. E quando te vi outra vez e finalmente te peguei porque da primeira vez estava mais preocupada com a tua mãe.
[Espero que compreendas]
Tenho aqui uns amigos para ti.
[Espero que se entendam e queiram estar juntos]
Tenho aqui umas coisas para ti.
[Espero que chegues a casa para te levar]
Tenho aqui um coração e uma casa onde serás sempre muito bem vindo.
[Espero que queiras por cá passar]
E ficas já a saber que para nós és o Guilhas-maravilhas, que gostamos de rimas malucas e outras coisas que tais.
posted by clarisca at 11:59 da tarde

2 Comments:

Blogger mar said...

foi um dia em que me lembro do nosso "guilhas maravilhas" e em que me lembro de me pegares na mão, e isso já diz tudo. beijos muitos

10:36 da manhã 
Blogger Pi said...

E só hoje aqui vim... E só hoje li estas palavras... Agora mesmo estou no escritório, às escuras, ele a dormir enquanto o embalo e a mãe a dormir lá dentro, no sofá.
Sabes, no dia em que ele chegou, fiquei a sorrir muito quando recebi a tua mensagem: "Oh pá, estou mesmo muito emocionada!".
Até já, tia amiga.

9:01 da tarde 

Enviar um comentário

<< Home